GESTÃO • MEIO AMBIENTE • REÚSO

BLOG

DESTAQUES

O tratamento de efluentes é destaque na gestão ambiental de indústrias químicas!

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O mercado vive em constante mudança. O desenvolvimento de novos produtos e o cuidado para evitar ou minimizar os impactos ambientais em seus processos de produção passou a ser um fator definitivo para o sucesso de setores como o da indústria química nos últimos anos.

Hoje, consumidores estão cada vez mais interessados nas boas práticas de produção do que vão comprar. Gestão ambiental passou a fazer parte do vocabulário de muitas indústrias em partes pelo fato de que atualmente se tem muito mais acesso as informações e tomada de decisões que vão fazer parte de uma trajetória de sucesso ou de uma perda de ativos vertiginosa.

Na indústria química, o tratamento de efluentes está cada vez mais em pauta. Órgãos passaram a ter um olho mais atento para o tema e, no território brasileiro em específico, diversas dessas empresas têm a responsabilidade de tratar adequadamente tudo o que é gerado no processo industrial das mesmas. O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) tem um importante papel nesse processo monitorando e fazendo o controle do que é descartado.

A closeup shot of a cylindrical grinder – industrial concept

O que uma má gestão pode ocasionar?

Independentemente de ser ou não uma empresa geradora de efluentes, a relação de transparência e verdade com as atividades exercidas é essencial considerando todas as partes envolvidas: sociedade, investidores, e a própria questão jurídica.

Ao executar uma má gestão de efluentes, a empresa, além de prejudicar o meio ambientes, destrói a relação da companhia com o público, seja porque agiu de má fé, estando cientes da legislação e não cumprindo por não se importar com os impactos ambientais ou porque existe um desconhecimento das leis.

Para que empresas e suas operações desenvolvidas estejam em ordem com legislação, o primeiro ponto importante para lembrar é a má gestão de efluentes é um crime ambiental que traz diversas consequências para a empresa como: cassação de autorizações, licenças e certificações ambientais; suspensão de linhas de financiamento público e privado; penalizações como autuações, multas e embargos; suspensão temporária ou permanente.

Vantagens diretas da gestão de efluentes

Na gestão, tratamento e reutilização dos efluentes industriais, as empresas precisam pensar em aspectos como redução do consumo de água, reuso dos efluentes tratados e necessidade de gestão, separação e tratamento dos efluentes.

Dependendo do tamanho da empresa, isso pode ser feito em estações próprias ou através de terceiros com licença adequada e profissionais capacitados para realizar o planejamento da gestão de implantação com excelência.

A Gmar Ambiental oferece soluções completas em gestão e tratamento de efluentes com experiência e casos de sucesso em diversos segmentos como o da indústria química, que contribuíram para que os nossos parceiros obtivessem economia financeira, se adequassem às leis ambientais e promovessem a preservação e equilíbrio do meio ambiente.

Contamos com uma grande variedade de produtos como ETEs, STACs, SAOs,ETARs, ETA, ETAPs entre outros e todos serviços relacionados à gestão das estações de tratamento que vão desde a sua implantação até manutenção e operação completas.

Quer saber como a Gmar pode ajudar você? Clique aqui, preencha o formulário e faça um orçamento!