GESTÃO • MEIO AMBIENTE • REÚSO

BLOG

DESTAQUES

Cases VLI, Auto Sueco e Vale S.A. – Quais os benefícios da manutenção e operação adequada das estações de tratamento?

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Para se atingir um desempenho de alta qualidade em uma estação de tratamento de efluentes é necessário estar atento à operação e manutenção adequada. Desta forma, além de seguir as normas do setor, você garantirá indiretamente a saúde daqueles que terão acesso à água, além de contribuir para a preservação do meio ambiente.

O trabalho, no entanto, não é fácil. Além de supervisionar a chegada de efluentes e fazer o controle de todo o processo, outras atividades são essenciais:

– Analisar, preparar e empregar produtos químicos em diversas fases do tratamento;

– Checar o desempenho de todos os equipamentos e realizar manutenção preventiva;

– Operação correta de equipamentos.

O gerente de processos da Gmar Ambiental, Kleber Strufaldi, afirma que os cuidados são muitos para certificar a eficiência do tratamento de efluentes: “Essa operação faz com que os processos atendam corretamente às legislações vigentes”.

A Gmar, por sua vez, presta esse serviço para diversas empresas dos mais variados ramos, entre elas: a VLI, empresa que oferece soluções logísticas que integram portos, ferrovias e terminais; a Auto Sueco, formada por um grupo de concessionárias de caminhões e ônibus Volvo; além da Vale, empresa privada que figura entre as maiores mineradoras do mundo.

“Como tomamos conta da gestão de efluentes, não é preciso que um funcionário da própria empresa esteja acompanhando os sistemas. Nos responsabilizamos pela coleta de análises e toda a parte de indicadores caso algo precise ser melhorado ou alterado”, diz Kleber.

O funcionário da Gmar Ambiental explica que, além de todas as vantagens que esse tipo de serviço traz, ele se faz necessário para evitar maiores dores de cabeça: “A falta dele pode resultar em multas ambientais e até perda de licença de operações. É preciso tratar a água de uma forma bem apurada, porque se ela for assim para a rede – e muitos lugares não possuem uma rede de saneamento – pode causar sérios problemas”.