GESTÃO • MEIO AMBIENTE • REÚSO

BLOG

DESTAQUES

Como funciona um sistema de captação de água de chuva?

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Água de Chuva: recurso hídrico aproveitável

Entre os fenômenos climáticos existentes, um dos mais recorrentes e comuns em todo o planeta sem dúvida é a chuva. Ela é resultado de todo um processo iniciado no aquecimento da água. Ao entrar em contato com os raios solares, por exemplo, o recurso hídrico evapora e mistura-se ao ar, até subir por ser mais leve que a mistura de gases.

Tal acontecimento gera a formação de nuvens, que ficam cheias de vapor d’água. Quando alcança um ponto mais elevado ou é atingido por massas de ar mais refrescadas, o vapor muda para o estado denso e volta a ficar líquido. O peso da água não a permite permanecer nas nuvens, fazendo-a cair em forma de chuva.

Importância da chuva e a crise hídrica

Nos últimos anos, todas as regiões do Brasil vêm passando por problemas de falta d’água, recurso tão importante para a subsistência humana. Devido à isso, muitas empresas privadas e inclusive residências passaram a investir em sistemas de captação de águas pluviais, a fim de armazená-las e utilizá-las visando evitar o desperdício.

Como funciona um sistema de captação de água de chuva?

Primeiro Passo
Após cair pelo telhado, a chuva vai para as calhas, que são usadas como coletores e juntam as águas que descem pelas telhas.

Segundo Passo
O líquido transcorre os dutos e passa por um filtro, que retém toda a sujeira advinda das telhas e calhas.

Terceiro Passo
A Água vai para um reservatório. Ele deve ser o ideal para a edificação e suprir em quantidade a água a ser destinada para uso. É muito importante manter o reservatório fechado e impedir a entrada de impurezas.

Quarto Passo
Completam o sistema de captação de água de chuva as bombas, os dispositivos que asseguram o controle de fluxo, velocidade e pressão, e a caixa que reservará o volume certo a ser encaminhado às tubulações.

Quinto Passo
Pronto, as águas pluviais estão prontas para:

  • Lavar carros, ambientes internos e áreas externas;
  • Irrigação de jardins;
  • Limpeza de vidros, portas, janelas e sanitários;
  • Lavar máquinas, equipamentos e peças
  • E para uma série de serviços e atividades realizadas em residências, empresas e indústrias que apostam no aproveitamento do recurso hídrico para ajudar a preservar o meio ambiente e ainda conseguir excelente economia na conta de água.

Caso você não saiba, utilizar o telhado é apenas uma das formas de captação de água de chuva. Além dela, é possível cobrir uma parte do subsolo com uma lona apropriada para o serviço e encaminhar a água para um reservatório ou cisterna.