GESTÃO • MEIO AMBIENTE • REÚSO

BLOG

DESTAQUES

3 benefícios práticos do saneamento ambiental para a população e a economia!

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

3 Benefícios do Saneamento Ambiental para a População e a Economia

O Saneamento Ambiental consiste em uma série de serviços, os quais englobam não somente a coleta e tratamento de esgoto e o fornecimento de água, mas também a drenagem das águas da chuva e o correto gerenciamento de resíduos sólidos, sendo parte fundamental da manutenção da vida e da saúde da população.
Ainda que seja um direito defendido pela Constituição Federal, estima-se que quase metade da população brasileira não tenha acesso a um saneamento básico de qualidade.

O que muita gente não sabe, é que a ausência do saneamento, ou sua prática deficiente, influencia diversos setores da economia.

  1. Valorização Imobiliária

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil estimou que imóveis localizados em áreas com serviços eficientes de saneamento ambiental, chegam a valer cerca de 16 % mais em comparação aos de outras regiões. A valorização também é válida para os contratos de aluguel, que chegam a custar quase 50 % mais.
Isso acontece pelo fato de um dos itens fundamentais que qualquer pessoa busca ao adquirir um novo imóvel, é justamente qualidade de vida para ela e sua família, fator esse que está diretamente ligado a um saneamento básico de qualidade.

  1. Turismo

Praias belíssimas, cachoeiras e lagos paradisíacos, e áreas preservadas são fundamentais para o desenvolvimento do turismo, e só são possíveis graças à preservação do meio ambiente, fator este que é um reflexo do saneamento ambiental.
Com o crescimento da população e, consequentemente um maior fluxo de turistas no período de alta temporada, se torna ainda mais essencial o investimento em infraestrutura nas redes de coleta de esgoto e tratamento de efluentes, evitando que dejetos sejam lançados nos corpos hídricos ou áreas de mata preservada.

  1. Educação

Apesar de não parecer tão clara, existe uma grande relação entre os índices de educação e o saneamento básico de uma região.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), alunos de regiões sem acesso ao saneamento básico têm um índice de aprovação quase 50 % menor, assim como um maior índice de faltas em comparação aos demais alunos.
O saneamento influencia também na qualidade do local de estudo, seja em casa como no ambiente escolar. Além disso, há uma menor incidência de doenças, o que favorece a presença nas aulas.